Edino Krieger
Baixe o livro em pdf.

Edino Krieger
Volume I

crítico, produtor musical, compositor
Baixe o livro em pdf.

Edino Krieger
Volume II

Prêmios, homenagens, indicações de fontes de pesquisa e anexos com manuscritos e partituras do compositor
Para celebrar os 84 anos do compositor catarinense Edino Krieger, o SESC lançou a biografia “Edino Krieger – crítico, produtor musical, compositor”, escrita pela musicóloga e professora Ermelinda Paz. Ao logo de 17 anos, a autora pesquisou os diferentes passos na vida deste grande mestre da música brasileira. Composta por dois volumes, a obra traz fatos marcantes na trajetória de Krieger, que não só foi compositor, mas também gestor de políticas públicas para promoção de festivais de música, concursos e bienais.
Lançamento

A obra “Edino Krieger – crítico, produtor musical, compositor” foi lançada em 31 de março de 2012, na Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro. O lançamento celebrou os 84 anos de Krieger e contou com concerto da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa, que executou composições do músico.
Principais obras:

- O Romance de Santa Cecilia (1989)
- Brasiliana (1960)
- Canticum Natural (1972)
- Estro Armônico (1975)
- Terra Brasilis (1999)
- Abertura Carioca (2008)
Sobre Edino Krieger

Krieger nasceu em Brusque, Santa Catarina, e aos sete anos iniciou estudos de violino com seu pai, Aldo Krieger, violinista, compositor, regente e fundador do Conservatório de Música da cidade. Aos nove anos começou a participar de recitais de violino em diversas cidades no estado. Aos 15 transferiu-se para o Rio de Janeiro, e estudou no Conservatório Brasileiro de Música, onde iniciou estudos de contraponto, harmonia e composição com H. J. Koellreutter, compositor e professor alemão.

Crítico, produtor musical e compositor, Edino Krieger coleciona diversos prêmios e é renomado no Brasil e no mundo. Seu catálogo inclui obras para orquestra sinfônica e de câmara, oratórios, música de câmara, obras para coro e para vozes e instrumentos solistas, além de partituras incidentais para teatro e cinema. Suas composições são executadas por orquestras no Brasil, Inglaterra, Bélgica, Alemanha, Argentina, Estados Unidos, Japão, entre outros países.
Palavra da autora
Ermelinda Paz, musicóloga

“Acreditava que seria fácil publicar a biografia de Edino Krieger, mas foram anos de espera. Já sonhava com a obra desde 1995, porém sabia que ainda estava incompleta. Depois de muitos entraves a publicação chegou nas mãos do SESC. A entidade se compromete com diferentes linguagens artísticas, com a sua preservação, divulgação e, sobretudo com a qualidade de seus produtos. E isso se refletiu na obra, a materialização do meu sonho. Foi um trabalho árduo, mas que sempre objetivou a excelência.”